Como combinar o blockchain à agricultura familiar

Buscando uma forma de alocar melhor os seus recursos, o Moeda, startup que financia cooperativas agroindustriais protagonizadas por mulheres, buscou a Econsult para trazer suporte à avaliação da viabilidade dos projetos que se candidataram ao financiamento.

    Resumo

    Buscando uma forma de alocar melhor os seus recursos, o Moeda, startup que utiliza de moeda virtual para financiar cooperativas agroindustriais que tenham como protagonistas as mulheres, buscou a Econsult para trazer suporte à avaliação da viabilidade e ao entendimento do plano de negócios dos projetos que se candidataram ao financiamento.

    O projeto consistiu em 3 etapas. Primeiramente, a Econsult criou uma planilha que tornasse possível automatizar a coleta de dados e a criação dos documentos necessários para avaliar o potencial das cooperativas parceiras do Moeda. Na segunda etapa, acompanhamos as equipes da empresa cliente em Chapecó – Santa Catarina, Feira de Santana – Bahia e Sobradinho – Distrito Federal, a fim de ensiná-los a fazer uso da planilha e avaliarmos o produto que foi entregue, adaptando a planilha às realidades que foram encontradas. Agora, na terceira etapa, ainda em andamento, estamos replicando a metodologia em 14 cooperativas espalhadas pelo Brasil.

    Como resultado, já alcançamos: R$ 1,3 milhões investidos em cooperativas agroindustriais, beneficiando 742 famílias ainda na segunda etapa. Quando concluirmos o último passo, estaremos validando mais R$ 3 milhões e beneficiando 1732 famílias. Ao final, nosso impacto total será de aproximadamente R$ 4,3 milhões e 2474 famílias.

    Introdução – Desafio

    O Moeda é uma organização que utiliza da tecnologia do blockchain para financiar desde pequenos empreendedores a grandes cooperativas. Sediada em Nova York e fundada por uma ex-aluna de Economia da Universidade de Brasília, a empresa recebeu um financiamento da ONU de 21 milhões de dólares em moeda virtual para iniciar sua implementação. A moeda virtual, homônima – Moeda, tem abrangência global, tendo seus principais colaboradores em países como China e Estados Unidos. 

    O principal conceito que o Moeda busca instituir em suas operações é o do cooperativismo solidário, fazendo um sentido reverso quanto à concessão de recursos. Pessoas que fazem parte do público-alvo do Moeda são beneficiados e retribuem o que podem pagar, implementando, dessa forma, uma via alternativa ao mercado de crédito para pequenos empreendedores existente no Brasil.

    A fim de iniciar as operações, no Brasil, foi desenhado o programa Moeda Sementes, que visa financiar cooperativas agroindustriais que tenham como protagonistas a liderança feminina. O programa Moeda Sementes iniciou como MVP para o mundo e a organização tem como objetivo, após validar os resultados, replicar a iniciativa internacionalmente, financiando projetos no continente africano, asiático e europeu.

    Para ajudar a inicializar o Moeda Sementes e avaliar as primeiras cooperativas que poderiam ser financiadas, o Moeda procurou, em um primeiro momento, a Econsult para elaborar uma maneira de automatizar a criação de um plano de negócios, assim como a análise da viabilidade da implantação do investimento solicitado. Dessa forma, a primeira etapa do projeto consistiu na elaboração de uma plataforma (planilhas) que funcionasse como template para todas as cooperativas que seriam avaliadas pelo Moeda.

    Como consultoria econômica, nosso desafio principal foi elaborar algo com embasamento técnico que pudesse ser replicado para as diversas realidades de cooperativas que o Moeda apoia e que, apesar do profundo teor econômico, fosse compreensível para pessoas de diversos níveis de escolaridade e contextos socioculturais. Evidencia-se, ainda, que na primeira etapa era previsto que a plataforma desenvolvida deveria sofrer alterações para se adequar à realidade das cooperativas, dada as distinções entre essas organizações e uma empresa tradicional.

    Outro desafio enfrentado foi entender a realidade de outros espaços nem sempre trabalhados pela Econsult. Diversas cooperativas agrícolas na qual a Econsult atuou possuíam pouca organização gerencial e contábil, o que não só dificultava a atuação da empresa júnior, quanto limitava o acesso ao financiamento. Dessa forma, construir e organizar em conjunto as finanças das cooperativas foi um dos principais pilares para nossos desafios.

    Desenvolvimento – Solução

    Após a elaboração da primeira etapa do projeto, que consistia em um trabalho de construção de uma plataforma, serviço que pôde ser executado no próprio espaço físico da Econsult, foi planejada uma segunda etapa do projeto. Nessa, haveria visitas in loco às cooperativas a fim de se testar a aplicação dos métodos utilizados anteriormente. Houve o objetivo de levar aos cooperados o conhecimento do que seria o Moeda e as vantagens para esses participantes de absorver esses recursos. Além disso, organizar as informações requisitadas para a formalização de um plano de negócios foi um desafio tanto da Econsult quanto dos cooperados e dos representantes do Moeda.

    Assim, a equipe Econsult, que durante o desenvolvimento do projeto tornou-se parte da equipe Moeda, tinha a função de indicar, coletar e avaliar as informações necessárias para o Moeda obter um parecer sobre o que consiste a cooperativa em questão e as intenções para com o investimento pretendido. Nesse momento, houve esforço da equipe em transformar o “economês”, requerido na avaliação do Moeda, em termos usuais e cotidianos para o cooperados.

    As visitas realizadas fizeram parte de três projetos denominados de “pilotos”. Sobradinho-DF , Chapecó-SC e Feira de Santana- BA foram as localidades nas quais estavam estabelecidas as cooperativas que a equipe da Econsult esteve presente. Em cada uma das três localidades, havia um consultor da Econsult, um responsável pelo Moeda e um consultor local entendido da situação da cooperativa avaliada.

    Usualmente, em serviços prestados pela Econsult para empresas tradicionais, não há existência de grandes montantes de empréstimos, subsídios ou recursos tomados. Uma das principais mudanças que a plataforma teve de sofrer foi justamente a adaptação ao reconhecimento da existência de tais recursos. Junto a esse fator, houve também os diversos cenários de análises que poderiam ser feitas, ou seja, quando considerar benefícios governamentais recebidos pela cooperativas para se obter a real rentabilidade do investimento desejado. Nesse ponto em específico, os consultores da Econsult tiveram a função de apontar os malefícios e os benefícios de determinados cenários.

    Na terceira etapa, na qual o modelo está sendo replicado para cooperativas no Paraná, Santa Catarina, Bahia, Rondônia, Alagoas e Goiás, o grande desafio é estruturar, na Econsult, uma central de suporte aos técnicos do Moeda, onde esses possam tirar dúvidas e validar o trabalho feito junto às cooperativas.

    Conclusão – Resultados Alcançados

    Apesar do projeto ainda estar em andamento, é possível extrair resultados concretos da atuação da Econsult frente ao Moeda. A etapa para a elaboração da planilha constituiu o ferramental com um resultado intangível: inúmeras cooperativas, tanto brasileiras, quanto estrangeiras, podem utilizar a ferramenta como forma de avaliação do seu investimento. Esses financiamentos, por sua vez, geram diversos outros empregos e melhoram a vida de diversas famílias.

    Como dito anteriormente, a segunda etapa consistiu na avaliação presencial de 3 cooperativas agroindustriais no Distrito Federal, Santa Catarina e Bahia. Com um montante total avaliado para financiamento de R$ 1,3 milhões, os investimentos validados pela Econsult melhorarão a vida de 742 famílias de diversas formas. Além do impacto que criamos dentro dessas famílias, podemos pensar no impacto potencial que a organização financeira das cooperativas e esse investimento ainda irá gerar, multiplicando os resultados que obtivemos até agora. Já estamos recebendo mensagens de diversos estrangeiros ligados ao Moeda pedindo esclarecimentos sobre a planilha, o que mostra o espaço que ainda temos para seguir. Além do trabalho já realizado dentro do Brasil, o Moeda pretende expandir para diversos países da América Latina e se formar enquanto maior financiadora do empreendedorismo agrícola feminino na América.

    Com a finalização da última etapa, teremos validado o investimento de mais R$ 3 milhões e 1732 famílias, além da capacitação intangível que geramos para nossos consultores e pessoas envolvidas no projeto. É tentador falar sobre um final desse projeto, pois poderíamos escolher qualquer uma das etapas já concluídas para avaliar nossa atuação e expôr esses resultados. O grande porém que vem à mente nesse momento é que esse trabalho não tem um ponto final marcado, ele se desenvolverá para um impacto gigantesco no nosso ecossistema empreendedor agrícola, com ou sem a ajuda da Econsult. No total até agora planejado, estaremos ajudando a financiar R$ 4,3 milhões e 2474 famílias.

    Para a Econsult, além da gratificação por trabalhar com um projeto com tanto impacto e do aumento da motivação dos membros que trabalharam na equipe. A solução proposta para o Moeda significou 20 projetos e R$39.400,00 em faturamento.

ECONSULT Consultoria Econômica
Empresa Júnior de Economia da Universidade de Brasília

Copyright © 2018 Concentro